Núcleo de Vila Morse - Tradicional Festa da Família

"Família que dá a mão, que vem junto, que participa, é tudo de bom!".

Foi com este lema, que a Unidade de Vila Morse realizou a sua tradicional Festa da Família, no dia 16 de setembro de 2017.

O evento, que comemora a chegada da Primavera, foi aberto ao público e contou com diversas atividades para a criançada e seus familiares. Um encontro muito animado reunindo centenas de famílias do Centro de Educação Infantil – CEI e o Centro para Crianças e Adolescentes - CCA.

Este ano, além do ritual da Primavera, onde os pais coroam seus filhos com uma belíssima coroa de flores e a revoada de balões com certinhas carregadas de sementes de Ipê roxo, que foram levadas e espalhadas pelos ventos, tivemos também a belíssima apresentação da peça de teatro A Primavera da Lagarta, preparada pelas educadoras e ainda um verdadeiro show de cultura musical da Banda Alana, formada por crianças e jovens que muito gentilmente aceitaram o convite para abrilhantar e tornar nossa festa ainda mais significativa.

Acompanhe os melhores momentos...

A Primavera Chegou e tudo se transformou...
Aqui estão algumas experiências que as crianças e adolescentes da Unidade de Vila Morse vivenciaram antes durante e depois da emocionante Festa da Primavera com as Famílias, realizada no dia 16 de setembro de 2017.
Foram interesses que alimentados pelas observações dos ambientes naturais, pesquisas, intervenções dos educadores, se transformaram em significativas descobertas.
As crianças vivenciaram a alegria da nova estação com a presença multicolorida das flores, perceberam que assim como a natureza se transforma, alguns pequenos animais de jardim como as lagartas, também sofrem mudanças, a metamorfose, que de “maneira mágica”, se transforma em uma belíssima e colorida borboleta.

Minigrupo II A
A Turma do Minigrupo II A da educadora Cristina, adentrou com muita alegria na estação primaveril. Tiveram como disparador da proposta o livro da Ruth Rocha, “Primavera da Lagarta”, e este proporcionou significativas descobertas, aguçando a curiosidade dos pequenos, despertando o interesse pela narrativa e pelo reconto.
De forma investigativa, descobriram a biodiversidade, mais precisamente a transformação da lagarta, os cuidados e a preservação da Natureza.
A proposta foi finalizada na Festa da Primavera com as Famílias, que puderam assistir ao teatro “Primavera da Lagarta”, realizado pelas educadoras, “e apreciar as produções artísticas e musicais que fizeram parte do evento.

Principais experiências e aprendizagens:
- Experiências de narrativas, interação com a linguagem oral e escrita.
- Curiosidade e exploração da relação com o mundo físico, o tempo e a da natureza - metamorfose.
- Cuidado, preservação e o conhecimento da biodiversidade.
- Diferentes linguagens e forma de expressão: gestual, verbal, plástica, dramática e musical.
- Utilização de recursos tecnológicos e midiáticos para pesquisa.

Teatro - A Primavera da Lagarta
Refletindo sobre a proposta e as conquistas do trabalho realizado com as crianças, com os adolescentes e familiares da Unidade de Vila Morse, com a realização da Festa da Primavera, pegamos emprestado, em especial uma frase da história “A Primavera da Lagarta” de Ruth Rocha, livro que nos inspirou a provocar e realizar essas experiências com as crianças, para dar visibilidade as aprendizagens construídas: "é preciso ter paciência com as lagartas, se quisermos conhecer as borboletas."

Não pensamos apenas no estrago que as lagartas provocam nas folhas, nem na sua existência temporária de um estado em transformação, nem tão pouco no período de reclusão e solidão do processo do ser casulo e sua liberdade futura. Buscamos e necessitamos pensar e refletir o momento em que vivemos e quais transformações desejamos, o quanto tem em nós de lagartas, casulos e borboletas?

Lagarta = tempo de buscar, de fortalecimento, de ação e de caminhadas.
Casulo = tempo de silêncio, da espera e quietude.
Borboleta = tempo da beleza, do resultado, da apreciação e da liberdade.

SIM, QUEREMOS E DESEJAMOS CONHECER AS BORBOLETAS!